#twitterchatpt: 1 ano depois

começámos por abordar temas relacionados com a rede social Twitter - toda a gente sabe que a minha not-so-hidden-agenda passa por divulgar a rede social do passarinho Larry. fomos ampliando para temas próximos ao marketing, à comunicação até alargar para temas e convidados que a comunidade foi sugerindo: foi assim que chegámos à economia e literacia financeira ou à criatividade + instagram.

pois é, comunidade Twitter, we made it, we're here: primeiro aniversário do #twitterchatpt, um twitter chat que fala em português e que anima a comunidade Twitter em Portugal, duas vezes por mês, sobre marketing e cultura digital.
o que significa este aniversário? significa consistência, conteúdo e comunidade.

we made it, we’re here” – são estas as palavras do Kalaf à chegada a Angola, em 2007, na companhia dos restantes elementos dos Buraka Som Sistema.

pois é, comunidade Twitter, we made it, we’re here: primeiro aniversário do #twitterchatpt, um twitter chat que fala em português e que anima a comunidade Twitter em Portugal, duas vezes por mês, sobre marketing e cultura digital.

o que significa este aniversário? significa consistência, conteúdo e comunidade.

 

consistência

tem sido possível manter o #twitterchatpt com uma periodicidade que já permite aos participantes marcar na agenda a data em que acontece o próximo. não vou mentir: as datas dependem muito da minha agenda pessoal e profissional, pois assumo o comando de moderadora, de alinhamento com os convidados. há o compromisso de acontecer sempre às quintas, entre as 11h e as 12h, numa frequência que se mantém nas duas vezes por mês.

 

conteúdo

começámos por abordar temas relacionados com a rede social Twitter – toda a gente sabe que a minha not-so-hidden-agenda passa por divulgar a rede social do passarinho Larry. fomos ampliando para temas próximos ao marketing, à comunicação até alargar para temas e convidados que a comunidade foi sugerindo: foi assim que chegámos à economia e literacia financeira ou à criatividade + instagram.

a comunidade pediu, os convidados aceitaram e aconteceu magia. elementar, meu caro Wandson!

 

#twitterchatpt: 1 ano depois 1

comunidade

edição após edição, vou adicionando os participantes à lista que podem consultar no meu perfil Twitter. o critério para adicionar passa por haver uma intervenção durante o #twitterchatpt, um olá, uma pergunta, uma resposta. tenho consciência de que haverá muito lurking em torno da conversa: é, aliás, uma das características do Twitter. há quem esteja só a acompanhar, sem intervir; outros aproveitam a oportunidade para interagir com outros (olá, networking), para fazer perguntas, para partilhar a sua experiência. outros, como o Artur Anjos, aproveitam para “trollar”, no melhor sentido da palavra:

 

e números, vamos aos números

no dia 4 de dezembro, durante a 26ª edição do #twitterchatpt, estes foram os números que a plataforma SociAlert devolveu na análise do alcance e das impressões em torno da hashtag:

depois há os trending topics, pelos quais escalamos até ao #1 de forma rápida. não que isso seja o objectivo do #twitterchatpt, mas de facto ajuda a passar a palavra e a ter o reconhecimento da comunidade. quem não sabe do que se trata, acaba por perguntar e pode sempre juntar-se à conversa.

 

o que dizem os convidados #twitterchatpt?

o Cinema São Jorge foi o partner in crime da edição número 1 do #twitterchatpt, no dia 13 de Dezembro de 2018:

Para nós o significado foi bastante elevado, uma vez que se tratou do reconhecimento do nosso trabalho num meio tão, digamos, competitivo como o Twitter. Foi uma honra termos estreado a rubrica.

Acabou por chancelar-nos como uma conta credível e que vale a pena seguir. Melhor, acabou por colocar-nos da posição de membros privilegiados de uma comunidade, objetivo que temos sempre em mente. Se não trabalharmos para um conjunto de pessoas que nos reconheçam e que interajam connosco, não andamos cá a fazer nada. Exceto filmes. Isso fazemos muitos.

 

a Joana Lobo Antunes falou de redes sociais, ciência e cientistas. e a experiência de ser convidada no #twitterchatpt foi analisada à 🔍 lupa:

Foi muito divertido e pedagógico. Gosto imenso do formato e gostava de entrar como seguidora, na hora ou em diferido a comentar, mas como convidada é uma experiência meio alucinada, que deixa a sensação de que passaram apenas cinco minutos desde que a Joana arranca com a coisa até que diz pronto, obrigada, até à próxima. Fica-se assim com aquele balouçar de quem vai a correr e se tem de parar antes de cair pela ravina, ainda fiquei uma meia hora em aftercare a responder a comentários e a dar follow ups. (olha o anglicismo fresquinho, está em saldo!)

e que efeitos teve essa participação junto da comunidade? 🤔

Foi muito bom para mim e para a comunidade de divulgação científica, tanto de comunicadores como de cientistas. Para mim fez-me ler perspectivas de pessoas de fora da ciência, o que é sempre muito importante porque é para essas pessoas que na verdade trabalho.

Permitiu também trazer para uma conversa global pessoas de ciência e outras, e fazer uma das coisas que é a minha missão de vida: dar às pessoas ferramentas, sejam pessoas de contacto ou informação ou sítios onde a encontrar, sobre ciência, processo científico, atitudes críticas e uso das redes sociais para fazer tudo isso.

Alargou a minha comunidade twitteira, e até já materializamos levando um grupinho de SciCommers (como chamamos aos que fazemos divulgação de ciência) a cervejas com o resto do mundo twitteiro (olá, #twittlis!). Para além disso, conheci a Joana Rita Sousa que é uma pessoa que sim senhor.

 

ainda sobre a comunidade, uma outra convidada que também é Joana, a 💥 Joana Martins, sublinha o #twitterchatpt como ponto de encontro:

O #twitterchatpt é uma forma maravilhosa de potenciar o encontro da comunidade que se move no Twitter. Gostamos de nos sentir outsiders, testemunhas secretas de uma rede social cujo potencial é tão ignorado, mas que adoramos por isso mesmo. O #twitterchatpt – e a própria Joana Rita – é uma espécie de ponto de encontro entre os que gostam de conversar e aprender. Com ele abri horizontes e juntei personalidades inesperadas à minha lista de pessoas a seguir. É sempre um gosto acompanhar os assuntos, mesmo aqueles sobre os quais sei quase nada.

Obrigada à Joana por esta ideia incrível. Que se prolongue até as palavras se gastarem!
Parabéns #twitterchatpt!

 

o 🚨 INEM participou na edição #14 do #twitterchatpt cujo tema foi “o twitter como meio emergente de divulgação e informação“. e que significado teve essa participação?

A participação no #twitterchatpt foi para nós o reconhecimento do trabalho que é realizado diariamente pelo INEM e do tempo que dedica a comunicar – neste caso através do Twitter – a sua atividade, a sua missão, os seus importantes conselhos. No fundo, o reconhecimento do trabalho realizado pelos profissionais que prestam cuidados de emergência pré-hospitalares 24 horas por dia, 365 dias por ano.

e no final do dia, quais os resultados? o INEM responde:

O INEM passou a ter mais seguidores e interações com os utilizadores no Twitter. Mas preferimos pensar que ao tomarem conhecimento da nossa presença no Twitter, estes utilizadores  ficaram mais esclarecidos acerca do funcionamento da emergência médica pré-hospitalar e melhor preparados para agir em muitas situações, podendo mesmo fazer a diferença. Esse é o impacto que para nós importa e faz sentido!

 

o Jorge Oliveira protagonizou uma edição bíblica do #twitterchatpt, sobre os 10 mandamentos da cultura digital e confessa que a sua participação teve os seguintes “efeitos secundários”:

Desafiou-me a pensar e a estruturar ideias em volta dum tema e a expô-lo em público. Mas acima de tudo foi uma experiência divertida pelo ritmo, interação, debate e novos contactos. 🙂

[o #twitterchatpt] Voltou a colocar o Twitter no meu radar. Não fui dos primeiros a aderir, já fui muito mais activo, hoje sou moderado. Mais leitor que contribuidor, mas atento. E com o #twitterchatpt descobri pessoas interessantes que passaram a estar no meu radar.

 

#twitterchatpt: 1 ano depois 2

 

conheço a Elsa Fernandes há alguns anos e reconheço o seu trabalho na área do copywriting. “vai daí” o convite para o #twitterchatpt, no sentido de abordarmos o twitter e a criação de conteúdos pareceu-me natural. Elsa, o que levaste da tua participação no #twitterchatpt?

Gostei muito de participar no #twitterchatpt. Primeiro, fiquei contente pelo convite. Vindo de ti, reforçou a ideia de que estou a criar bom conteúdo e que é útil à comunidade. Depois, no dia do #twitterchatpt, foi uma hora mesmo bem passada (e que passa a voar!). Aprendi, troquei ideias, conversei e conheci pessoas novas. Algumas conversas prolongaram-se até hoje e acho que é essa a magia (e importância) destes chats.

 

sendo o futebol um dos temas mais trending dos topics do twitter, em Portugal, o convite endereçado ao Luís Cristóvão pareceu-me natural. segundo o Luís, foi um momento de valor para o próprio:

Foi importante para refletir sobre o meu caminho nas redes sociais e sobre a expressão do que vou pensando sobre este território. Curiosamente o #twitterchatpt surgiu numa fase de algum recuo em relação ao Twitter, como território, mas não à comunidade que dele foi emanando ao longo dos tempos. Uma espécie de expressão dessa reflexão sobre territórios de trabalho e de pensamento.

o que dizem os greeters #twitterchatpt?

a Liliana Sequeira é uma das ‘ssoas voluntárias que faz parte da equipa que diz olá a quem chega ao #twitterchatpt. eis o seu testemunho:

Como assim já passou um ano? A Joana foi minha formadora no módulo de Redes Sociais – Twitter, no contexto de estratégia de comunicação em marketing digital, que frequentei na FLAG.
Até àquela data (Março 2018) eu não conhecia o Larry. A forma entusiasta com que me passou a mensagem, despertou o meu interesse por esta rede social.
Em Dezembro desse ano a Joana lançou o primeiro #twitterchatpt e, claro, eu não pude deixar de a apoiar. Fiquei por lá e o #twitterchatpt já faz parte de um compromisso sem cobranças.
O retorno? É a partilha de informação, conhecimentos e experiências, é cultura digital.
Parabéns, Joana, let’s keep on tweeting and shouting!
antes de fazer parte da equipa #twitterchatpt, o Bruno Amaral foi convidado numa das edições em que falámos sobre websites:
O #twitterchatpt é voltar ao que a web devia ser. É um espaço de partilha e de integração onde os temas colocados conseguem estar ao alcance de todos. A Joana consegue escolher bem os temas e o trabalho que faz de recapitulação é ideal para quem os quer aprofundar.Por isso não posso deixar de lhe agradecer a oportunidade de ter sido um dos primeiros convidados, e de me deixar apoiar como greeter a iniciativa.

#twitterchatpt: 1 ano depois 3

 

estamos de todos parabéns: ✨ eu, 🙆🏽 tu que divulgas e que participas no #twitterchatpt, o 🎬 Cinema City por se ter juntado a nós como sponsor, a 🎨 ActiveMedia que deu toda uma imagem catita ao projecto, a ferramenta 🔨SociAlert pelo apoio, os 👯  greeters que participam de forma voluntária, edição após edição.