Blog

A ideia do blog Ă© ser um thinktank 🎹 onde vĂĄrios convidados podem escrever e provocar o pensar, sobre o digital (e outras coisas).

  • Ana ErcĂ­lia JosĂ©
    18 Novembro

    Fazer a diferença pela igualdade

    Todos podemos desenvolver a nossa responsabilidade social individual, quando nos envolvemos profundamente e continuamente num problema específico da sociedade e começamos a contribuir para a sua solução, através de melhores pråticas de acção directa e interveniente.

  • Alexandre Vieira
    linkedin 11 Novembro

    Queres ganhar uma corrida ao Kipchoge? Usa o Linkedin.

    Hå pouco tempo o Artur pediu-me ajuda: o contrato estava a terminar e precisava de um projeto novo. Como trabalhei com ele, era uma recomendação fåcil de fazer, bastava esperar pelo momento certo. Fui estando atento, fiz algumas perguntas, recebi algumas respostas, até que uma publicação de uma outra pessoa apareceu no meu feed: era uma oportunidade à medida do Artur.

  • Joana Rita
    cultura digital 07 Novembro

    [a camisola] e a Ă©tica sĂŁo tendĂȘncia na web summit

    durante o dia de hoje li e ouvi vĂĄrias vezes a palavra Ă©tica. no palco future societies, onde assisti a alguns dos debates, foram vĂĄrias as perguntas e observaçÔes que giram Ă  volta das preocupaçÔes com a inteligĂȘncia artificial, com a web que temos e com as plataformas que nela encontramos. plataformas que usamos gratuitamente, ou melhor, cujo uso pagamos com os nossos dados

  • Joana Rita
    cultura digital 06 Novembro

    a palavra confiança Ă© tendĂȘncia na web summit

    Katherine Maher seguiu as pisadas de Snowden: a CEO da enciclopédia mais consultada e menos citada em trabalhos académicos subiu ao palco central da web summit para nos falar de conhecimento, de comunidade e de confiança: ou melhor da crise de confiança sem precedentes. a palavra desinformação vem-nos à cabeça, assim como o termo que ficou popularizado: as fake news. 

  • Joana Rita
    cultura digital 04 Novembro

    era uma vez uma coisa chamada privacidade – edward snowden na web summit

    para Snowden, nĂŁo podemos confiar nas empresas, nem nas comunicaçÔes. o modelo precisa de ser revisto e Ă© necessĂĄrio pensar de forma inversa: as empresas tĂȘm de fazer com que nĂŁo seja necessĂĄrio confiar nelas.